fbpx

Em busca de parcerias em inovação, comitiva suíça visita sede do Tecpar

Grupo esteve no Tecpar para conhecer a atuação do órgão como instituto de tecnologia e inovação, além de buscar informações sobre as principais tendências, demandas da economia e da população do Estado.


O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) recebeu nesta quarta-feira (15) uma comitiva com representantes da Embaixada da Suíça no Brasil e do Swiss Business Hub Brazil (SBH).
Foto: TECPAR

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) recebeu nesta quarta-feira (15) uma comitiva com representantes da Embaixada da Suíça no Brasil e do Swiss Business Hub Brazil (SBH). O órgão é responsável pelas estratégias de exportação da Suíça no Brasil e pela promoção do país como local de negócios a empresas brasileiras.

Em visita ao Paraná, o grupo esteve no Tecpar para conhecer a atuação do órgão como instituto de tecnologia e inovação, além de buscar informações sobre as principais tendências, demandas da economia e da população do Estado.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, apresentou à comitiva as ações desenvolvidas pelo instituto e conheceu o trabalho realizado pelo SBH Brazil. Sediado em São Paulo, o órgão representa a agência oficial da Suíça para promoção comercial e atração de investimentos, a Switzerland Global Enterprise.

“A embaixada e a SBH buscaram o Tecpar interessadas na prospecção de novos negócios e para identificar possíveis parcerias com o Paraná, como projetos de internacionalização. Temos interesse em fortalecer este vínculo institucional, que pode gerar desenvolvimento econômico e geração de empregos para o nosso Estado”, destacou Callado.

Desde 2020, o Governo do Paraná vem estreitando os laços com a Suíça em áreas como ciência, tecnologia e inovação. Por meio da Invest Paraná, agência de prospecção e atração de novos investimentos, firmou um memorando de entendimento para aproximar as entidades suíças das entidades paranaenses e apoiar projetos de internacionalização de empresas.

Segundo o primeiro-secretário da Embaixada, Martin Eggenschwiler, o Brasil é o primeiro parceiro da Suíça na América Latina no âmbito da ciência, tecnologia e inovação. Por isso, afirmou ele, há um grande interesse em parcerias com empresas brasileiras voltadas a estas áreas.

“Olhando para o futuro, acreditamos que a Suíça será o país número um em desenvolvimento de biotecnologia, e este foi o tema central abordado nesta reunião. Pelo que vimos aqui, o Tecpar tem um grande potencial neste sentido, vamos aprofundar este contato futuramente”, afirmou Eggenschwiler.

Para o diretor do Swiss Business Hub Brazil, Hans Aebi, a visita foi importante para conhecer as prioridades e planos do Tecpar, e entender quais as tecnologias existentes na Suíça que podem ajudar o Instituto a atingir os seus objetivos.

“Essa parceria é muito promissora, pois temos de um lado um centro de excelência com muitos profissionais, que é o Tecpar, e do outro as tecnologias suíças que podem ser muito úteis para o desenvolvimento sustentável e a inovação no Estado do Paraná”, salientou.

A cônsul honorária da Suíça em Curitiba, Manuela Merki, disse que a reunião foi agendada para que os representantes europeus pudessem conhecer a possibilidades de aproximação com o Instituto. “Foi muito bom conhecer o amplo trabalho realizado pelo Tecpar. Agora vamos estreitar os laços e deixar as parcerias se desenvolverem”, afirmou.

Entre os segmentos prioritários de interesse da SBH estão: biotecnologia, tecnologias médicas, bens de consumo, alimentos e bebidas, materiais inovadores, construção de máquinas, tecnologias limpas e TI.

PRESENÇAS – Participaram da reunião a presidente do Instituto Aliança Contra a Hanseníase, Laila de Laguiche; o diretor Industrial da Saúde do Tecpar, Iram de Rezende; o diretor de Tecnologia e Inovação do Tecpar, Carlos Gomes Pessoa; e o presidente do Conselho de Administração do Tecpar, Haly Abou Chamy.

GALERIA DE IMAGENS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LOGIN
L