A SIG Condomínios, empresa que foi incubada na Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel), finalizou oficialmente o programa de incubação na cerimônia de aniversário de dez anos da Agência de Inovação Tecnológica da UEL (Aintec), realizada na última segunda-feira (26).

A startup começou o programa de incubação no ano de 2015, oferecendo um sistema web e mobile que gerencia informações ligadas a condomínios. Algumas das facilidades dessa ferramenta são: lista de reserva para espaços, livro de ocorrências digital, e controles para portaria, por exemplo.

Com o conhecimento adquirido na Intuel, a SIG cresceu até o ponto de mudar o posicionamento da empresa no mercado, quando trouxe para a cidade a BRCondos, hoje a maior rede de administradoras de condomínios do Brasil. “Depois do programa de incubação, passamos a fazer a administração completa de condomínios, além de oferecer tecnologia, que era a nossa primeira proposta,”, explica um dos sócios da empresa, Giuliano Pelaquin. 

A ampliação da gama de serviços da startup inclui o controle financeiro do condomínio online em tempo real, além das soluções de Portaria Remota, Controle de Acesso e Inteligência Predial que já trabalha com conceitos de IOT. Todas as soluções podem ser conferidas no site www.brcondos.com.br/londrina. “Hoje nós oferecemos o que há de mais moderno em gestão de condomínio”, afirma Pelaquin.

Graduação

“A graduação nos trás a sensação de missão cumprida. É um ponto final de uma etapa que foi muito importante para o desenvolvimento da empresa”, comemora Pelaquin que também afirma que estar na Intuel e conhecer outras empresas na mesma realidade são passos essenciais para compreender o andamento do próprio negócio. “A Intuel nos ajuda a entender como funciona o mercado e a ter agilidade. Ela nos ensina a errar rápido e a mudar rápido”, conclui.

Atualmente, a empresa atende 50 condomínios em Londrina e região.

Intuel

A Intuel faz parte da Agência de Inovação da UEL e tem como objetivo oferecer suporte para o desenvolvimento de empresas com potencial tecnológico. Além de estrutura física, a incubadora oferece cursos em áreas específicas, como gestão, financeiro e mercado. Atualmente ela conta com dez empresas incubadas.

Mariana Paschoal – assessoria de imprensa