Um substituto para o isopor desenvolvido com sabugo de milho; um aparelho que diminui o gasto de água de máquinas de lavar em 25% e um aplicativo que estimula a prática de esportes. Esses e outros projetos inovadores foram desenvolvidos por alunos do Colégio Sesi no Paraná. “No Sesi, procuramos desenvolver estudantes para que sejam autônomos, colaborativos, pesquisadores, inovadores, críticos e pró-ativos. Assim, estarão preparados para atuar nas diferentes esferas sociais e na indústria 4.0”, analisa Fabiane Franciscone, gerente de educação básica e continuada do Sistema Fiep.