fbpx

Inteligência Artificial à serviço da justiça

A Universidade Tuiuti do Paraná recebeu a advogada e pesquisadora argentina Lucía Bellocchio, que ministrou palestra sobre o tema “Inteligencia Artificial”.

Lucía é coordenadora da equipe que implantou o sistema de inteligência artificial no Ministério Público, em Buenos Aires. A pesquisadora já ganhou vários prêmios com o programa e, inclusive, já apresentou os dados do trabalho na Suíça, à convite da ONU.

O Caso PROMETEA: Inteligência a serviço dos direitos e a justiça (Sistema do Ministerio Público Fiscal de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires) é uma demonstração de eficiência quando se usam ações penais por dirigir alcoolizado (penal e contravencional). O PROMETEA demonstrou uma eficácia média de 75% no tempo de geração de documentos, chegando a reduzir o tempo de 41 minutos para 5 minutos em alguns casos. A taxa de acertos fica aproximadamente em 93%.

Na expectativa de automação, o Brasil está em 12º lugar, entre 37 países selecionados em uma pesquisa que leva em conta: educação, stock de robôs, setores com alto risco, intensidade em uso de TIC’s e exportação de software.

Fonte: Universidade Tuiuti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LOGIN
L