fbpx

Setor de tecnologia conduz S&P 500 a leve alta

NOVA YORK (Reuters) – As ações de tecnologia levaram o S&P 500 a fechar em tímida alta nesta quarta-feira, com uma previsão saudável da IBM ajudando a atenuar preocupações com o desenvolvimento do surto de coronavírus.

O S&P 500 e o Nasdaq mal terminaram em alta, depois de se aproximarem e em seguida se afastarem de máximas recordes, um dia após temores relacionados ao vírus terem desencadeado vendas nos mercados de ações.  O Dow fechou em queda nominal.

“O mercado teve uma forte alta (recente). Isso tem deixado alguns investidores um pouco nervosos, cautelosos”, disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos do Inverness Counsel. “Então não estamos vendo um dia muito forte.”.

“A temporada de resultados corporativos é sempre volátil e imprevisível”, acrescentou Ghriskey. “Cada novo balanço divulgado é uma nova peça do quebra-cabeças.”

O otimismo foi impulsionado pela IBM, que apresentou um surpreendente crescimento de receitas no trimestre e projetou lucro anual acima das expectativas. As ações da empresa avançaram 3,4%.

O setor de fabricantes de chips ganhou terreno na esteira de fortes projeções da produtora de equipamentos semicondutores holandesa ASML Holding.

O índice Philadelphia de semicondutores avançou 0,8%.

Medidas globais de precaução foram tomadas para conter um surto viral originário na China, que já matou 17 pessoas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidirá na quinta-feira se a situação constitui uma emergência global. O Dow Jones teve variação negativa de 0,03%, a 29.186,41 pontos. O S&P 500 registrou oscilação positiva de 0,03%, para 3.321,77 pontos. E o Nasdaq subiu 0,14%, para 9.383,77 pontos.

Fonte: UOL notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LOGIN
L