fbpx

Tecpar e Japão planejam retomada de parceria tecnológica

A longa parceria tecnológica entre o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e o governo do Japão foi relembrada durante reunião realizada nesta segunda-feira (7), com a presença do cônsul-geral do Japão em Curitiba, Masahiro Takagi, e do cônsul-geral adjunto, Kazuu Wakaeda. Eles foram recebidos pelo diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, e demais diretores do instituto.

Há 37 anos, o Governo do Paraná e a Província de Hyogo, no Japão, firmaram um Acordo de Cooperação Técnica que contribuiu decisivamente para o fortalecimento das ações do Tecpar na prestação de serviços tecnológicos à indústria, por meio da criação do seu Centro de Tecnologia Industrial.

Jorge Callado lembrou a importância da contribuição japonesa para o desenvolvimento do Estado e destacou que a implementação do Centro do Paraná consolidou-se como um marco na indústria, no que se refere ao incentivo e ao aprimoramento da industrialização e difusão de alta tecnologia.

“Foi uma ação de extrema importância para a política industrial do governo, que modernizou e trouxe prosperidade ao nosso Estado. Hoje estamos reativando nossa parceria com o Japão, com o objetivo de trazer novos avanços para o Paraná e, assim, fortalecer a inovação e o desenvolvimento tecnológico no setor produtivo”, afirma Jorge Callado.

O cônsul do Japão reforçou o interesse do país em fortalecer a cooperação tecnológica com o Brasil e com o Paraná, por meio do Tecpar. “Com esta visita queremos reativar esta parceria no campo da tecnologia, que já tem muitos anos de história e trouxe muitos resultados para as duas partes. O Paraná está se desenvolvendo muito no campo da indústria e tem muita força na agricultura e saúde. Nestes temas temos um grande interesse em construir parceria”, afirmou Takagi.

PROJETOS – Durante o encontro, os diretores do Tecpar apresentaram alguns projetos em desenvolvimento, que estão abertos para futuras parcerias. As propostas abrangem soluções tecnológicas em áreas como saúde humana e animal, energia renovável, melhoria na produtividade dos processos e qualidade dos serviços, além da implantação de novos ensaios e certificação de produtos.

HISTÓRIA DA PARCERIA – Na década de 1980, a Província de Hyogo foi responsável, junto com a Japan International Cooperation Agency (Jica), agência de fomento do governo japonês, pelo apoio dado à criação do Centro de Tecnologia Industrial do Tecpar. A unidade foi concebida para estimular o desenvolvimento tecnológico das pequenas e médias indústrias paranaenses ligadas inicialmente aos setores de metalmecânica e eletroeletrônica.

O acordo – precedido por intensas negociações de natureza político-administrativa a nível internacional, federal, estadual e municipal – foi oficializado em 2 de outubro de 1980, com duração até 1986. Nele, o governo japonês tinha como atribuição a capacitação técnica da equipe do Tecpar no Instituto de Pesquisas Tecnológicas de Hyogo. A contrapartida brasileira residiu na edificação das bases físicas, provisão de pessoal administrativo e técnico, além de custeio e manutenção do Centro de Tecnologia Industrial Brasil-Japão do Paraná.

CENTRO – Inaugurado em 6 de julho de 1983, no câmpus CIC do Tecpar, o Centro de Tecnologia Industrial Brasil-Japão do Paraná contava com infraestrutura que contemplava laboratórios para ensaios e testes leves e pesados, medidas mecânicas e de precisão e de processos e produção.

Essa importante parceria teve impactos sobre o Tecpar e também sobre o modelo econômico e industrial do Estado do Paraná. Outro legado importante é que a experiência adquirida pelos técnicos do Tecpar junto aos organismos japoneses proporcionou uma nova visão de qualidade, a qualidade total.

Como desdobramento e ampliação dos contatos nacionais e internacionais, foi lançado no Tecpar o “Projeto Qualidade Paraná”, que posteriormente transformou-se em programa nacional, com a criação do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, com sede em Curitiba.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o administrador regional da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), Raphael Keiji Assahida, o empresário Kenzo Assahida e os diretores do Tecpar Carlos Gomes Pessoa (Tecnologia e Inovação), Iram de Rezende (Industrial da Saúde), Lindolfo Luiz Junior (Novos Negócios e Relações Institucionais) e Marcos Bonoski (Administração e Finanças).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LOGIN
L